Como aumentar a duração das sonecas

Como aumentar a duração das sonecas

Seu filho tira sonecas curtas?

Seu bebê pega no sono enquanto está comendo, na cadeirinha do carro, ou no colo de alguém? Quando transferido para a cama, dorme no máximo por 30 a 50 minutos? Essa é a duração de um ciclo de sono. Esses fatores são a causa principal de sonecas curtas: inabilidade de pegar no sono ou continuar dormindo sem ajuda – o bebê acorda totalmente ao final de um ciclo de sono, resultando em uma soneca muito curta. Eu me refiro a esse problema como a Síndrome do Sono de Ciclo Único. Isso nos leva a entender o motivo pelo qual vários bebês tiram sonecas curtas e nos indica soluções em potencial.

Sonecas em prolongadores de sono

Uma forma de ajudar seu bebê a dormir por mais tempo é colocá-lo para fazer a soneca em um local que possibilite adormecê-lo novamente quando acordar entre os ciclos de sono. Slings, berços, cadeirinhas ou bebê-conforto que balancem, redes especiais para bebês. Qualquer um desses pode ajudar a prolongar o tempo de sono porque quando o bebê começar a acordar, o movimento ritmado poderá adormecê-lo novamente.

Você também pode usar um carrinho de bebê para isso. Dê uma caminhada pela vizinhança diariamente (isso é bom para vocês dois!) ou leve o carrinho para dentro de casa. Empurre o carrinho com o bebê até que ele adormeça e então pare o carrinho ao seu lado. Se o bebê começar a se movimentar, volte a andar ou balance um pouco o carrinho.

Assim que começar a se acostumar a dormir por mais tempo no carrinho, você pode começar a fazer a transição para dormir no berço. Comece reduzindo o movimento, empurrando mais devagar e por menos tempo. Depois que o bebê dormir, pare o carrinho e balance caso ele acorde no meio da soneca. Com o passar do tempo, deixe que ele adormeça com o carrinho parado perto do berço, e quando o hábito da soneca já for nesse local, mude as sonecas para o berço.

Crie um ambiente que induza ao sono

Para estimular sonecas mais longas, mantenha o quarto de dormir com pouca claridade para que a luz não o deixe alerta entre os ciclos de sono. Para acalmar seu bebê durante a transição de um ciclo para outro, use sons estáticos (uma gravação com sons da natureza, por exemplo) ou música relaxante. Mantenha o som ligado durante toda a soneca. Isso cria um sinal de que é hora de dormir e abafa os ruídos externos que poderiam acordar a criança que está passando pela transição de ciclos de sono.

Crie um leito confortável

Para estimular seu bebê a ter uma soneca mais longa, recrie no berço um ninho confortável. Use lençóis macios, como flanela, além de um forro macio de colchão. Você também pode aquecer a cama antes da soneca com uma toalha recém saída da secadora de roupas (teste a temperatura da superfície antes de colocar seu bebê deitado).

Torne a cama um lugar familiar

Deixe seu bebê brincar frequentemente no berço enquanto estiver acordado. Fique junto, estimule o interesse dele, apresente brinquedos novos. Deixe que ele te veja como parte da experiência de estar no berço para que se sinta feliz estando ali. Dessa maneira, quando for colocado no berço pra a soneca e acordar, não vai estar em um lugar estranho ou solitário, mas sim um que tem as memórias familiares de momentos alegres com você. Isso pode ajudá-lo a aceitar o berço como um local seguro para dormir e permitir que volte à soneca após o primeiro ciclo de sono.

Interprete os sinais de cansaço

Se você puser seu filho para uma soneca antes de estar cansado, ou então quando já estiver exausto demais, ele não vai conseguir dormir tão bem quanto se você conseguir acertar o momento ideal em que está cansado o suficiente. Observe os sinais de cansaço, como perda de interesse nos brinquedos, olhar perdido, ficar curvado ou caindo do assento. Coloque seu filho para tirar uma soneca assim que perceber qualquer sinal de sono. Se você anotar o horário em que esses sinais costumam ocorrer durante uma semana, poderá perceber que há um padrão. Isso pode ajudar a criar uma rotina de sonecas diárias que preencham as necessidades do seu filho.

Calcule o intervalo de tempo entre as sonecas

Além dos sinais de cansaço, observe também há quanto tempo seu filho está acordado. As crianças conseguem permanecer acordadas e bem-humoradas por um certo período de tempo e então sentem a necessidade de uma soneca. Assim que essa necessidade chega, a criança fica cansada e seu temperamento alegre começa a se desfazer.
Cada uma tem necessidades de sono particulares, mas o quadro abaixo mostra os intervalos de tempo médios que uma criança consegue permanecer acordada e feliz:

Recém-nascido: 1 – 2 horas

  • 6 meses: 2 – 3 horas
  • 12 meses: 3 – 4 horas
  • 18 meses: 4 – 6 horas
  • 2 anos: 5 – 7 horas
  • 3 anos: 6 – 8 horas
  • 4 anos: 6 – 12 horas

Tenha em mente que as crianças crescem e seus horários de sonecas mudam também. O que é perfeito hoje, pode ser diferente do que será perfeito daqui a um mês. Mantenha seu olhar no bebê e no relógio.

Por: Elizabeth Pantley
Tradução: Gabriela de O. M. da Silva
27703 visitas no total
9 visitas hoje

Comentários

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com